terum cabelo lindo e saudável impressiona todas as pessoas, é um verdadeiro sonho para as mulheres. Porém, uma das coisas que impedem que os cabelos fiquem mais bonitos é a oleosidade, que prejudica não apenas a estética mas também a sua saúde.

Talvez a forma que tratamos os cabelos, não seja a melhor para eles,  o que faz o cabelo ficar oleoso. Por isso, esse artigo vai te ajudar a eliminar esse mal do seu cabelo, te dando 5 super dicas!

Continue lendo esse artigo para saber:

A oleosidade capilar ocorre por vários motivos, pode ser um fator genético, estresse, problemas hormonais ou má alimentação. Por isso, evite alimentos gordurosos, açúcares e também frituras, vamos falar mais detalhadamente sobre isso na dica 4! Entretanto, a oleosidade não é algo ruim para o seu cabelo, pelo menos enquanto ela está em um nível normal, mas quando ele aparece em excesso, prejudica a parte estética e pode causar diversas complicações, como doenças e alergias. Mas para tratar a oleosidade capilar, existe uma série de hábitos que contribuem para a oleosidade do seu cabelo, vou falar de 5 deles agora:

Dica 1 – Fuja da água quente e evite o efeito reboteefeito rebote lonuy

Um banho quente é sempre relaxante, não é mesmo? Porém a água quente pode causar malefícios para o seu cabelo. A água quente dilata as glândulas sebáceas, contribuindo para a produção e crescimento do sebo, além disso, ela pode levar ao aparecimento de caspas.

Se a frequência de banhos quentes for alta, pode ocasionar o efeito rebote, ao lavar o cabelo muitas vezes ao dia, seu corpo entende que seu couro cabeludo precisa produzir cabelo-oleoso

mais sebo, aumentando a oleosidade. Ou seja, se você toma muitos banhos quentes, você pode pegar a dermatite seborreia, além de oleosidade e caspas, o couro cabeludo ainda pode apresentar irritação, vermelhidão, ferimentos e até mesmo dores.

Outro hábito que prejudica a saúde do seu cabelo é o fato de dormir com eles molhados ou úmidos, isso pode afetar o seu sistema imunológico, atrapalhando não apenas o desenvolvimento do seu cabelo, como da sua saúde também. Dormindo com a cabeça úmida, podem ocasionar em dores de cabeça, quebra de fios, alergias, coceira e inflamação do couro cabeludo.

Dica 2 – Não abuse dos secadores em temperatura elevada

secadores em temperatura elevada

Assim como falamos da temperatura da água na primeira dica, vamos falar do aquecedor. O calor produzido por ele, pode causar os mesmo efeitos que a água quente, não use em temperaturas muito altas! Evite deixa-lo muito tempo parado na mesma posição, na mesma mecha e tente não aproximar tanto o bocal da raiz do cabelo, essas ações podem aumentar a produção excessiva de sebo.

“O sebo é o óleo natural produzido na região do couro cabeludo. Ele protege contra quebra e poluição”, explica Joana Tebar Figueira, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Já em excesso pode ocasionar diversas complicações, tais como dermatites, caspas e até queda capilar.

Você quer receber dicas em primeira mão de como cuidar profissionalmente dos seus fios em casa? Inscreva-se:

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Não enviamos span

Dica 3 – Xampu para cabelos oleosos.

xampu para cabelos oleosos lonuy
Fotografia Katarina Milosevic | Unsplash

Um bom xampu para cabelos oleosos tem que limpar profundamente os fios para evitar o acúmulo de resíduos na raiz. Para começar, evitar lavar os cabelos todos os dias, aposte em um xampu seco para manter a oleosidade sob controle. É preciso pesquisar bem para achar o xampu ideal para seu cabelo, confie em marcas de confiança, como o xampu para cabelos oleosos da Lonuy.

XAMPU PARA CABELOS OLEOSOS lonuy 2

 

Para ter um melhor aproveitamento do xampu, aplique apenas no couro cabeludo, massageie com delicadeza, faça movimentos da raiz às pontas, sem esfregar.

COMPRAR =>

 

 

Dica 4 – Como evitar a oleosidade do couro cabeludo e a queda de cabelo.

Existem muitas formas de evitar a oleosidade nos cabelos, a mais fácil delas, é controlando sua alimentação.  Alguns alimentos são inimigos do seu cabelo, aumentando a oleosidade. Outros fatores que você pode controlar para diminuir a oleosidade no cabelo:

– Diminuir o uso de chapéus e toucas.

Por mais que seja uma questão de estética o uso desses acessórios ou até de conforto, nos dias frios, o uso em excesso faz mal. O abafamento favorece o estímulo e combinando com outros hábitos ruins, pode gerar a dermatite seborreia, mais conhecida como caspa.

– Evitar o estresse

Essa dica é realmente difícil de seguir, já que as vezes o estresse é inevitável. Mas períodos de grande estresse ou com muitas preocupações acaba provocando a oleosidade no cabelo, pois as alterações que ocorrem no sistema nervoso nesse período, causam o aumento da produção de gordura pelo couro cabeludo.

– Não usar fronhas de algodão

As fronhas de algodão tiram a umidade dos fios, o que resseca o cabelo e aumenta o frizz, estimulando a produção de sebo na raiz do cabelo. Uma boa opção seria optar por fronhas de seda ou cetim, mantendo a umidade natural do cabelo e ajudando no controle da oleosidade, ou usar toucas de cetim para dormir.

– Não manusear o cabelo com frequência

O ato de ficar passando a mão no cabelo toda hora, jogando ele para trás ou para o lado estimula a produção de sebo, piorando a oleosidade. Isso também aumenta a sujeira no cabelo, passando todas as impurezas que estão nas suas mãos para os seus cabelos. O fato do cabelo estar preso ajuda a diminuir a mania de mexer neles, por isso, sempre tenha uma grampo ou elástico por perto.

De olho nos fatores que provocam a calvície em homens e mulheres
– Diminuir o número de lavagens

Às vezes por causa da temperatura, tomamos muitos banhos e acabamos lavando os cabelos. Mas é preciso se atentar ao número de lavagens e o modo de esfregá-los. O ideal é usar uma quantidade moderada de xampu, sem fazer muita espuma, e ao lavar os cabelos, é indicado fazer movimentos suaves e circulares no couro cabeludo e só depois o resto dos fios. A melhor forma de manter os cabelos saudáveis é lavar dia sim, dia não, a lavagem diária pode ocasionar num estímulo do couro cabeludo, produzindo mais oleosidade.

– Equilibre o uso de sulfato de sódio

Agora você já sabe o quanto é importante não lavar os cabelos todos os dias, vale ressaltar que é preciso ter cuidado com o xampu que você está usando, os xampus mais comuns possuem em sua composição uma substância chamada, sulfato de sódio. O sulfato de sódio é um detergente usado em grande escala pela indústria cosmética como sabonetes líquidos e xampus, ele possui um custo baixo e uma das suas funções é fazer espuma. Ele pode prejudicar seus cabelos e causar irritação à pele.

Como já foi dito, a quantidade equilibrada de óleo natural no nosso couro cabeludo é benéfica para os fios, é ai que o sulfato de sódio entra, ele tira todo o óleo, deixando o cabelo desprotegido , inclusive contra a poluição. Ou seja, dê prioridade para xampus sem sulfatos de sódio agressivos, existem alguns 100% naturais, e possuem na sua fórmula óleos vegetais que ajudam no tratamento da oleosidade.

– Evite cremes sem enxágue

Os cremes sem enxágue e até os condicionadores, quando usados em excesso, deixam resíduos que podem gerar a proliferação de fungos. Os fungos podem causar infecção, porque eles se alimentam de resíduos e células mortas do organismo, eles estão presentes em cabelos, unhas e pele. Os fungos se proliferam em ambientes úmidos e quentes, como nosso couro cabeludo, a infecção em estágio avançado pode ser transmitida pelo contato.  Esses resíduos ajudam a obstruir os poros de saída das glândulas, podendo causar dermatite. A glândulas obstruídas passam a produzir mais sebo, para suprir a ausência das demais. Avalie com o seu dermatologista a necessidade do uso dos seus cremes e condicionadores.

Dica 5 – Uso exagerado de condicionadores e cremes.

USO-EXAGERADO-DE-CONDICIONADORES-E-CREMES-lonuy

O uso excessivo de qualquer produto no seu cabelo faz mal, lembre-se disso sempre. Se você hidrata seu cabelo sem necessidade, vai causar o efeito contrário, aumentando a oleosidade do mesmo, produtos para hidratação como máscaras, costumam ter ingredientes como óleos e o uso excessivo desses ingredientes na raiz, pode deixar o couro cabeludo oleoso. Seja cauteloso com os cremes e condicionadores que você usa, é preciso conhecer bastante o tipo do fio do seu cabelo para não usar um produto muito pesado para o seu cabelo, a forma que ele é aplicado pode prejudicar as madeixas, na hora de usar foque nas pontas para evitar que a raiz fique oleosa e o comprimento sem volume e pesado.

Cabelos oleosos não serão mais problemas na sua vida! Depois da leitura desse artigo você conseguiu ver o que faz o cabelo ficar oleoso e como evitá-lo, agora ta na hora de botar isso tudo em prática.  Não se esqueça que o uso de produtos de primeira linha no mercado vão conseguir tratar dos seus cabelos e evitar que os mesmo acumulem sujeira ou fiquem oleosos, e a nossa sugestão de hoje, é a máscara de babosa da Lonuy, ela vai te ajudar no tratamento para combater a oleosidade no couro cabeludo.