Se o seu cabelo fica franzido quando você puxa ou se quebra facilmente ou também estica até se partir, você sabe o que é um cabelo elástico.   No fundo no fundo, toda mulher se preocupa bastante com seu cabelo mais do que qualquer coisa, mas as vezes pequenos descuidos jogam por terra todos esses cuidados. Por isso, esse blog post de hoje vai te ajudar a tratar de uma vez por todas problemas com cabelo elástico. Vamos saber o que um cabelo elástico e o que ocasiona esse problema, as diversas formas de tratá-lo e como evitar que ele volte a acontecer no seu cabelo.

Continue lendo esse artigo para saber:

O que é cabelo elástico?

Cabelo elástico é um terrível efeito também chamado de efeito chiclete, uma das causas é o uso de procedimentos químicos sem tomar os devidos cuidados, causando perda da elasticidade e umidade dos fios.
Em linhas gerais, o principal causador do cabelo elástico é o uso exagerado de tinturas e/ou alisamentos químicos. A incompatibilidade entre químicas também ajuda para esse efeito acontecer, fazer mais de um procedimento químico em um curto espaço de tempo é realmente perigoso para o seu cabelo. O resultado disso, é a perda de queratina dos fios, mudando a estrutura do cabelo e tornando-os tão finos e fracos a ponto de se quebrarem com facilidade.
O que é normal para algumas mulheres, é errarem na hora de diagnosticar o que está acontecendo com o seus cabelos. Muitas confundem cabelo elástico com fios ressecados, que também merecem toda a nossa atenção mas é um problema menos grave. Existem algumas características que ajudam a diferenciar um do outro, a principal delas é que o cabelo elástico é causado porque as escamas dos fios ficam abertas. Sendo assim, deixando os fios sem brilho e bastantes opacos, já que a luz reflete quando as escamas estão bem fechadas. Com isso, o cabelo tende a embaraçar mais que o comum. Os cabelos elásticos tem a sua estrutura alterada, o que facilita a identificação quando eles estão molhados, perdendo a sua elasticidade natural e adquirindo um aspecto frágil, fino, seco e quebradiço.

Como tratar o cabelo elástico com vinagre de maçã

cabelo elastico

O vinagre de maçã é uma das formas de tratar o cabelo elástico, ele alinha a cutícula e mantém a hidratação do fio. Quando os cabelos estão rebeldes e com textura esquisita, significa que o pH dos fios está desequilibrado e as cutículas estão abertas. Como o pH do vinagre de maçã é bem ácido, ele consegue fechar a cutícula, alinhando a fibra capilar e segurando a hidratação. Dependendo do quanto seja grave o estado do seu cabelo, a reconstituição com o vinagre pode ser feita a cada 10 ou 15 dias, mas só enquanto os cabelos estiverem bem danificados. Á medida que os fios vão melhorando, o tratamento pode aumentar para um intervalo mensal.

Para fazer a reconstrução com vinagre de maçã, é preciso seguir 5 passos. E você pode usar nossos seguintes produtinhos: Vinagre Capilar, queratina liquida e máscara de hidratação de babosa.

Passo 1: Lave delicadamente os seus cabelos com xampu sem sal e retire o excesso de água da toalha.
Passo 2: Divida o cabelo em mechas e borrife nossa queratina líquida em cada uma delas, deixando o produto agir por cerca de 10 minutos.
Passo 3: Após os 10 minutos, aplique a máscara de hidratação, e deixe o produto agir por 20 minutos.
Passo 4: Agora enxágue os cabelos sem deixar resíduos e tire o excesso da água com a toalha.
Passo 5: Por fim, aplique nosso vinagre de maçã, mecha por mecha, e deixe agindo por cerca de 15 minutos. Após o processo, enxágue e aplique um pouco de condicionador.

Como evitar o CAbelo elástico e quebradiço

Para ter o resultado esperado nos seus cabelos é preciso repor a massa perdida, deixado o cabelo mais rígido e encorpado. Procure usar produtos de qualidade, do xampu ao leave-in, com queratina, aminoácidos e que tenha especialmente Protetor Térmicos na fórmula, como nossos produtos, ele vai proteger seus cabelos do calor excessivo fornecido pelo secador e chapinha. O efeito deste protetor é como se fosse uma capa ao redor dos fios, atuando como uma barreira contra a alta temperatura que pode danificar a fibra capilar e causar ressecamento e intensificar a quebra dos fios. Use-os em todas as lavagens até sentir o seu cabelo mais grosso, mesmo se ele ainda não estiver macio o suficiente.

Também é preciso se atentar na hora de desembaraçar o cabelo, use pentes de dentes largos e sempre comece a pentear pelas pontas.

Com o cabelo já encorpado, é preciso devolver a nutrição dele, hidratando toda semana com cosméticos à base de óleos como argan, macadâmia e amla. Depois de garantir que as mechas estejam encorpadas e nutridas, é preciso focar na preservação da saúde do cabelo.

Você quer receber dicas em primeira mão de como cuidar profissionalmente dos seus fios em casa? Inscreva-se:

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade

Não enviamos span

Como já foi falado antes, não deixar de usar o Protetor Térmico antes a da escova ou da chapinha! E jamais os coloque em temperaturas muito altas. Outra dica essencial é dar um tempo no uso de químicas, esperar um pouco até a recuperação total do cabelo, depois dele se recuperar, evitar fazer o uso desses processos químicos muito fortes em um curto espaço de tempo, três meses seria o tempo necessário para o cabelo se reconstituir sozinho.

Queratina líquida para tratamento do cabelo elástico

Queratina é uma velha conhecida das mulheres, quem nunca usou para tratar aquele cabelo danificado ou maltratado? Mas é pura verdade, a queratina de fato ajuda muito os cabelos. Parece exagero, mas essa proteína é essencial para restaurar os fios que já sofreram com diversos processos químicos. A queratina é formada a partir de aminoácidos, ela ajuda no processo de formação da estrutura dos fios dos cabelos, ela tem vários benefícios, como a reposição da perda de queratina devido ao excesso de químicas, exposição ao sol, praia, piscina etc. A queratina pode ser encontrada em diversos tipos, por isso, é preciso atenção para escolher de acordo com a sua necessidade.

Hidrolisada

É uma versão mais concentrada da queratina, proporcionando maior absorção dos fios. Ela é encontrada na forma líquida ou em gel. Ela é indicada para ser usada com moderação, geralmente em casos em que a fibra capilar esteja muito danificada.

Líquida

Essa é a opção da queratina caso você queira dar um up poderoso nas mechas, diluindo 10ml de queratina em água e deixando agir por 15 minutos e enxaguar logo em seguida. É sempre bom hidratar o cabelo após o uso da mesma, pois pode deixar um aspecto de fios ásperos. Falaremos um pouco mais a frente, como a queratina líquida age nos cabelos.

Vegetal

Nessa forma, ela é produzida com aminoácidos de animais extraídos de vegetais, mas os benefícios são os mesmos, o que difere das outras formas é que não deixa os fios pesados, ao contrário da queratina animal, que pode deixar a fibra enrijecida.

Hidrogenada

A queratina na forma hidrogenada é a forma mais usada em cosméticos. Ela é boa para o uso de manutenção de tratamentos capilares, porém, se o cabelo estiver muito danificado, não terá sucesso.

Como a queratina líquida age nos cabelos

A queratina imita os efeitos da queratina natural do cabelo e reconstitui as madeixas, deixando-as lindas e cheias de brilho novamente. Algumas mulheres tem medo de usar a queratina líquida por não saber usá-la, mas nesse passo a passo, vamos ensinar como usar sem correr riscos.

1- Lave bem os cabelos com xampu sem sal. Certifique-se de que as madeixas ficaram bem limpas e livres da oleosidade. Se necessário, lave duas vezes.
2- Com cabelo ainda úmido, borrife a queratina liquida da lonuy ao longo dos fios e também nas pontas, deixe-o agindo por cerca de 10 minutos.
3- Enxágue bem os cabelos com água em abundância e certifique-se de remover todo o produto dos fios.
4- Retire o excesso de água com uma toalha macia, seque o cabelo com bastante suavidade.
5- Aplique um leave-in da sua preferência, mas é preciso que ele tenha protetor térmico e escove os cabelos com a ajuda de um secador.
6- Por fim, passe a chapinha nos fios para selar a cutícula que você acabou de tratar. Se você tem os cabelos cacheados, use o ativador de cachos para pentear e finalize com a ajuda de um difusor de cachos.

Mas na hora de começar a usar a queratina para tratar o cabelo elástico, é preciso ter certos cuidados.

– O uso em excesso pode provocar o efeito contrário e enrijecer demais a fibra capilar. A dica para evitar esse problema é sempre aplicar uma máscara de boa qualidade em seguida do uso da mesma.
– Dê intervalos de pelo menos 15 dias entre as aplicações
– Nunca aplique diretamente no couro cabeludo.

Continuar com cabelos elásticos? Jamais! Agora você sabe como tratar seus cabelos da forma correta, evitando que os mesmo fiquem feios ou maltratados. Não esqueça de seguir todas as dicas acima, e usar os produtos que indicamos, principalmente a nossa Queratina Liquida, que vai ser uma ajuda poderosa na revitalização dos seus fios!


Seus cabelos estão danificados? Garanta seu Tratamento Agora !

Clique Aqui